Todo mundo gosta de praia, mas é muito triste encontrar o local repleto de lixo, não é mesmo? Nessa imagem vemos o resultado de uma coleta de micro plásticos na praia de Itaparica, próximo a Salvador, em uma área de apenas 1 m2. Foram carregados pelas chuvas e marés, e com o tempo ficam assim, difíceis de serem separados da areia. Infelizmente esse é um fenômeno que acontece todos os dias em praias do mundo inteiro.
 
 
Apesar de existirem diversos programas de logística reversa, no mundo inteiro apenas 9% dos plásticos são reciclados. A maioria é descartado na natureza, seja em lixões a céu aberto (são quase 3 mil só no Brasil), em aterros sanitários ou em nossos rios e oceanos.
 
Vamos lembrar que não existe jogar fora!
 
Na Indonésia dois surfistas americanos encontraram uma maneira de remunerar pescadores através da coleta de plásticos acumulados na praia e deram início ao programa 4ocean (www.4ocean.com) e esse programa viralizou mundialmente. É possível fazer diferente!
 
O primeiro passo é evitar de gerar o resíduo. Recuse um canudinho, leve sua sacola ao supermercado, dê preferência à itens ambientalmente corretos, como garrafas reutilizáveis, e cobre seu síndico ou seu vereador para que implementem uma boa gestão de resíduos.
 
Fazer diferente começa por você, fique de olho e faça sua parte para que seus resíduos não vão parar nas praias.  😉
 

—————————————————————————————————

Eco Circuito e o Biodigestor ECO-PRO

Aqui na Eco Circuito o nosso propósito é transformar geradores de lixo em agentes ambientais.

Biodigestor ECO-PRO da Eco Circuto, com muita inovação para o mercado, realiza o descarte sustentável do resíduo orgânico em efluentes de forma automatizada e inteligente, com controle de procedência personalizada para reduzir o desperdício de alimentos em cozinhas profissionais, hotéis, hospitais, refeitórios industriais e outros.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email