Entenda os benefícios da gestão de resíduos em empresas

eco circuito gestão de resíduos benefícios

Como uma gestão de resíduos mais eficaz e sustentável pode ajudar na preservação do meio ambiente, ao mesmo tempo em que traz ganhos financeiros, operacionais e institucionais para a operação

A população do planeta, o volume de resíduos e seus diversos impactos ao meio ambiente e à nossa saúde não param de crescer. Portanto, é cada vez mais urgente encontrarmos soluções práticas e eficientes para resolver o problema do lixo, que já chega a níveis globais

A fim de revertermos esse ciclo e garantirmos um mundo mais vivo no futuro, precisamos evoluir para um modelo circular de reaproveitamento: reduzir, reutilizar, reciclar. Inegavelmente, a iniciativa privada desempenha um papel fundamental nesse processo. 

Não existem dados apurados sobre o volume de resíduos gerados especificamente por empresas no Brasil. Entretanto, é seguro afirmar que são responsáveis por uma parcela significativa das 80 milhões de toneladas que produzimos anualmente. 

Desde 2010, a gestão adequada dos resíduos sólidos não é uma questão de escolha para empresas, mas de cumprimento à lei nº 12 .305/2.010, chamada de PNRS – Política Nacional de Resíduos Sólidos. Apesar da baixa efetividade e fiscalização até o momento, iniciativas recentes vêm fechando o cerco e exigindo que as empresas partam, enfim, para a ação. Boas referências, por exemplo, são o caso da CETESB, que só torna possível a renovação de licença ambiental mediante comprovação do processo de logística reversa, e a obrigatoriedade de cadastro na AMLURB para grandes geradores – ambas iniciativas em São Paulo.

Saiba mais sobre a legislação de resíduos no Brasil

O principal benefício da adoção de um processo sustentável de gestão de resíduos é, inegavelmente, a preservação do meio ambiente. Atualmente, a humanidade demanda 1,7x mais recursos do que o planeta é capaz de produzir, ou seja, estamos literalmente operando no vermelho.

Entretanto, para além da preservação do meio ambiente e da adequação à legislação, o investimento em uma operação mais limpa tem ainda o potencial de agregar uma série de outros benefícios para o negócio.

Confira a seguir os principais:

Benefícios financeiros

1) Redução de custos com destinação

Uma gestão de resíduos mais eficaz é capaz de gerar otimização nos custos ligados à destinação, que vão da diminuição no volume de sacos de lixo à redução na frequência (ou eliminação da necessidade) de contratação de serviços de coleta privada – ainda mais para grandes geradores, que produzem mais de 200 litros por dia, e não são atendidos pela coleta pública).

2) Redução nos custos com processos e matérias-primas

A gestão estruturada de resíduos permite que a empresa identifique oportunidades para reduzir o volume de resíduos gerados, assim como desperdícios na cadeia produtiva que podem ser evitados. Mais que isso, o objetivo é otimizar as rotas internas e externas dos resíduos para acondicionamento e destinação, tornando assim o processo mais simples e menos oneroso.

3) Redução nos custos com equipamentos e pessoal

Um processo assertivo de determinação de quantidade, tamanhos, tipos e fontes geradores de resíduos permite a definição e implantação de um processo otimizado. Por conseqüência, vemos uma economia de recursos físicos (como lixeiras e containers) e pessoais (otimização do tempo dedicado às atividades, que libera espaço para outras funções). 

A adoção de tecnologia para processamento in-loco de resíduos orgânicos, como o Biodigestor LFC, por exemplo, traz eficiência no descarte ao eliminar a necessidade de câmara fria, além de substituir lixeiras e sacos de lixo por bombonas ou cubas reutilizáveis para descartar o resíduo direto no equipamento.

Benefícios operacionais

1) Otimização do processo de gestão de resíduos

Um processo bem planejado para gestão de resíduos na empresa busca trazer mais eficiência para a operação, assim como garantir o descarte adequado para todos os tipos de resíduos, dos que podem ser reutilizados aos que precisam de atenção especial – como resíduos perigosos.

2) Redução nos riscos de acidentes e contaminações

Para cada tipo de resíduo há normas de manuseio, separação, transporte e destinação que devem ser observados a fim de minimizar riscos de acidentes pessoais e químicos. Ainda que falemos de resíduos “simples”, se não armazenados corretamente, podem causar contaminações, pragas e desencadear emissão de gases tóxicos. Um exemplo recorrente é a proliferação de mosquitos transmissores da dengue, que é decorrente de “armazenamento inadequado” de água.

3) Ganhos em limpeza e higiene no ambiente de trabalho

Ao mesmo tempo em que simplifica e desonera o processo de limpeza relacionado à gestão de resíduos, o processo planejado ajuda a minimizar questões específicas, de aspecto qualitativo, como odores, vetores – moscas, baratas, roedores etc. – e/ou poluição visual do espaço interno.

4) Mais produtividade na distribuição de equipes

Um plano de gestão de resíduos garante clareza de papéis e responsabilidades, etapas e procedimentos. Com a simplificação dos processos, libera-se mão de obra para tarefas e funções mais importantes para a operação.

Benefícios institucionais

1) Contribuição para metas de sustentabilidade corporativa e Aterro Zero

Principalmente devido à pressão da sociedade civil por práticas mais conscientes e à evolução na fiscalização da legislação do setor, metas relacionadas ao aumento na sustentabilidade das operações têm recebido cada vez mais destaque em pautas corporativas. O tema está diretamente ligado à questão da gestão de resíduos e tem como reflexo o crescimento do número de empresas comprometidas com a meta de Aterro Zero: enfim eliminar totalmente o descarte de resíduos em aterros.

2) Certificações e premiações

Um plano de gestão de resíduos eficaz pode garantir à empresa reconhecimentos no setor ambiental. Além de uma série de iniciativas nacionais e internacionais para premiar ações de impacto relevante, existem certificações – como os ISOs 14.000 e 14.001 – que são importantes para que a empresa seja reconhecida pela gestão ambiental adequada.

3) Aumento no valor percebido sobre a marca

As pesquisas mostram que os consumidores estão cada vez mais preocupados com o tema “sustentabilidade”. Com efeito, o interesse é tanto que o tema influencia inclusive na escolha de produtos e empresas. Por isso, uma gestão de resíduos verdadeiramente eficaz fortalece o discurso institucional e aproxima a opinião pública da marca. E isso resulta no crescimento do interesse não só por parte de potenciais clientes, como também de investidores e acionistas.

Os benefícios resultantes de uma gestão de resíduos mais eficaz e sustentável decerto não param por aí. Sobretudo com planejamento estratégico, criatividade e tecnologia, o universo de possibilidades de geração de melhorias para a operação é imenso. Sem dúvida, o meio ambiente agradece.

Que outros benefícios você enxerga para a gestão de resíduos em empresas? Comente e nos ajude a enriquecer a discussão sobre como podemos, juntos, solucionar o problema do lixo.

Precisa de ajuda com a gestão de resíduos na sua empresa? Nós podemos ajudar. Saiba mais.

•••
LEIA MAIS:

Por onde começar a gestão de resíduos em empresas?
Case Pátio Victor Malzoni: entenda como o edifício gera 4 mil litros de água de reuso a partir de restos de alimentos, utilizando o Biodigestor LFC.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print