Condomínio residencial reduz emissão de carbono com Biodigestor LFC

Case imobiliário Biodigestor LFC - Eco Circuito

Em Londres, este empreendimento imobiliário tornou-se referência em sustentabilidade ao eliminar envio de resíduos orgânicos aos aterros.

O Royal Winchester House, um empreendimento de 338 apartamentos no oeste de Londres, foi equipado com dois biodigestores LFC que processam todos os resíduos de alimentos no local, desviando os resíduos orgânicos dos aterros sanitários.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é image-1.png

Essa iniciativa vai ao encontro das preocupações da direção no que diz respeito à sustentabilidade. Além disso, visa também a redução de custos em curto, médio e longo prazo. 

“O gerenciamento de resíduos não se resume apenas aos custos diretos associados ao seu descarte. Aqui, adotamos uma visão mais holística para entender o ônus gerado em infraestrutura, consumo de energia e emissões de carbono”, afirma Jack O’Brien, gerente responsável pelo projeto. 

Para o executivo, tratar corretamente os resíduos orgânicos também é uma questão de reputação corporativa. “Devemos desenvolver uma boa imagem no que diz respeito aos impactos ambientais e financeiros de um edifício. A reciclagem de alimentos desperdiçados é um ótimo exemplo de onde podemos fazer uma grande diferença para o meio ambiente”.

Confira os detalhes dessa história a seguir!

Desafio

O gerenciamento de resíduos em prédios residenciais com várias unidades é uma dor de cabeça cara e o desperdício de alimentos é um desafio particular. 

Os moradores geralmente têm duas opções: descartar resíduos de alimentos na sua lixeira geral ou usar um triturador na pia. 

Do ponto de vista ambiental, não são boas soluções. Os resíduos orgânicos que acabam em um aterro sanitário geram metano nocivo (um gás de efeito estufa com 84 vezes o potencial de aquecimento global que o dióxido de carbono), enquanto os alimentos adicionados ao esgoto por meio de trituradores de resíduos sobrecarregam as estações de tratamento de águas residuais.

Solução

A equipe do Royal Winchester House estava ansiosa por encontrar uma abordagem completamente sustentável para o gerenciamento de resíduos de alimentos e decidiu não fazer o descarte de resíduos na pia. 

“Embora as unidades de disposição de resíduos desviem o lixo orgânico de aterros, elas acrescentam complicações caras à rede mecânica e elétrica do edifício”, comenta O’Brien.

“Além dos custos de aquisição e instalação, seria necessário implementar um plano de manutenção regular. E mais: existem custos associados ao uso indevido e danos às unidades individuais e à infraestrutura do edifício. Em vez disso, decidimos procurar uma solução a longo prazo que também apoiasse nossas metas de sustentabilidade”, acrescenta.

Resultados

A equipe de projeto concluiu que o processamento centralizado de resíduos de alimentos no local abordaria os objetivos de custo e sustentabilidade. Eles propuseram uma abordagem revolucionária que incluiu a instalação de dois biodigestores na área comum do condomínio. 

Ficou convencionado então que os residentes simplesmente entregam seus recipientes com restos de comida ao pessoal de serviço em troca de um recipiente limpo. 

Os biodigestores de LFC processam silenciosa e higienicamente até 400 kg (900 lb) de resíduos de alimentos por dia, transformando-os em efluente, automaticamente enviado às instalações locais de tratamento de águas residuais.

Como o biodigestor LFC funciona

O biodigestor LFC é uma alternativa prática ao descarte tradicional de resíduos de alimentos. Utiliza uma série de processos nos quais os microorganismos decompõem o material biodegradável na presença de oxigênio. 

O processo acelera a digestão da maioria dos alimentos usando uma mistura proprietária de micróbios e enzimas. Seu único subproduto efluente ambientalmente seguro e adequado para descarga pelo ralo. 

A maioria dos resíduos de uma cozinha industrial, incluindo frutas, legumes, carne, peixe, queijo, pão, arroz e macarrão, são processados pelo biodigestor, sejam crus ou cozidos. O processo é neutro em carbono, e totalmente verde pois não utiliza produtos químicos.

→ Você quer conhecer o Biodigestor LFC e saber como essa tecnologia pode ajudar sua empresa a reduzir custos e se tornar mais sustentável? Entre em contato conosco!

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print